Antes da Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016, a capital carioca ganhou mais um produto turístico de relevância. No local onde funcionava o antigo Hotel Paineiras, erguido em 1880 e desativado há 30 anos no Parque Nacional da Tijuca, foi construído o Centro de Visitantes das Paineiras, que receberá turistas nacionais e internacionais que vão visitar o Cristo Redentor, um dos principais atrativos do País.

A informação do empreendimento foi apresentada ao presidente da Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo), Vinícius Lummertz, durante visita de uma das empresas responsáveis pelo investimento, o Grupo Cataratas. O espaço conta com uma nova bilheteria, sistema de senhas para diminuir filas, amplo estacionamento, transporte realizado por meio e vans oficiais, além de um restaurante panorâmico.

De acordo com Vinícius Lummertz, o Brasil passará a oferecer uma infraestrutura de receptivo moderna e adequada aos visitantes do Cristo Redentor, ícone internacional do turismo. “Vamos gerar uma melhor experiência de visitação ao Parque da Tijuca, reforçando o Rio de Janeiro e o nosso País como destinos turísticos. O monumento de braços abertos sobre o Morro do Corcovado é nossa principal imagem, reconhecida por qualquer pessoa no mundo”, completou.

O presidente da Embratur se comprometeu a incluir o empreendimento na divulgação dos produtos nacionais por meio dos 13 Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs) espalhados no mundo. Atualmente, por meio de feiras, campanhas e ações de promoção no exterior, o Instituto se dedica a divulgar diversos destinos e produtos para que os visitantes estendam sua estadia na nação que tem muito a oferecer de turismo em termos de belezas naturais, esportes, gastronomia e cultura.

Bruno Marques, diretor presidente do Grupo Cataratas, destacou a importância da revitalização do local histórico: “O complexo das Paineiras é uma porta de entrada para os parques nacionais brasileiros. Estimamos receber 200 mil turistas diariamente já neste mês de agosto, com grande fluxo da Olimpíada”. O executivo estava acompanhado do diretor institucional e de sustentabilidade, Fernando Henrique Sousa, que lembrou que o Centro manterá exposição multimídia permanente sobre o Parque Nacional da Tijuca, outras Unidades de Conservação do Brasil e diferentes biomas.

Para mais informações: www.paineirascorcovado.com.br

Fonte: Embratur