No Brasil estamos acostumados a procurar borracharias quando ocorre um furo no pneu. Mas e os brasileiros que moram nos Estados Unidos?

Luis Miranda relata sua experiência na Flórida quando levou seu carro a um estabelecimento com a bandeira da Goodyear:

-“Chegando lá, fui informado que não eram feitos reparos simples como no Brasil (provavelmente se referindo ao uso do chamado “macarrão”). Portanto, seria necessário aguardar o processo de vulcanização a quente (aplicação de uma pequena camada de borracha colada na parte interna do furo, com a ajuda de alta pressão e o uso de um selante especial, permitindo a fusão (por calor) de materiais próprios da composição de um pneu, que são a borracha, lona e nylon). O tempo estimado foi de duas horas e, na hora de saber o preço, veio a grande surpresa: serviço gratuito.”

O pessoal do canal Canadá Diário mostrou a experiência que tiveram em Seattle, quando também tiveram problemas também com um furo de pneu no seu Hyundai Elantra e se dirigiram para uma loja. Nesse caso, realmente o conserto demorou bastante tempo. Mas na hora de receberem a nota fiscal para o pagamento, novamente ocorreu uma imensa surpresa; Gratuito

Essas duas experiências mostram, na prática, diferenças brutais em relação ao que costumamos ver no Brasil. A livre concorrência e a busca pela satisfação e fidelização dos consumidores acabam trazendo imensas vantagens para que quem precisa desse serviço nos Estados Unidos.

Fonte: Liam Zanardi do site autovideos.com.br