Sinônimos de elegância, o pied-de-poule e pied-de-coq são um clássico. Preto e branco e em vários tamanhos, estes padrões tiveram origem na década de 30, com a revolucionária Coco Chanel.

“Ela se apaixonou pelo que via nos paletós masculinos da época”, explica a personal stylist Roberta Carlucci. E acrescenta: “Em 1947, Christian Dior lançou seu primeiro perfume, ‘Miss Dior’, cujo frasco era decorado com as estampas, o que também a popularizou”.

Este “empréstimo” da moda masculina nunca sai de moda no universo feminino. Mas você sabe o que são estas estampas? A estilista explica: “Tanto um quanto a outra denominam a estampa que imita as pegadas de galinha e galo, respectivamente (poule = galinha, coq = galo), repetidas diversas vezes, formando um padrão”.

Ela ainda ensina que a diferença entre o coq e o poule é que no primeiro o padrão é ampliado e, algumas vezes, contém quatro pontas ao invés de três.

Para ambos os modelos não existe limitação, como a profissional esclarece: “Eles ficam bem interessantes quando combinados entre si, já que um é a versão maior ou menor do outro.”

Para as mulheres que ainda têm receio em se jogar nesta moda, usar um lenço ou uma bolsa com o padrão pode ser uma boa opção para começar a se acostumar.

Por Alessandra Vespa. Fonte: vilamulher.uol.com.br