Quem estiver fora do Brasil e tem direito a sacar o saldo de sua conta inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) até o fim de 2015, conforme o calendário de pagamentos divulgado pelo governo, deve ficar atento às regras informadas pela Caixa Econômica Federal. As regras são diferentes para quem tem conta na Caixa e quem não é correntista do banco.

Desde março, mais de 30 milhões de trabalhadores poderão ter o direito a retirar o dinheiro. De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nessas contas e o governo calcula que, desse total, R$ 34 bilhões serão sacados por trabalhadores até 31 de julho.

• Se você é correntista da Caixa: O trabalhador que estiver no exterior e possuir uma conta corrente ou poupança na Caixa pode optar por receber o dinheiro di-retamente por transferência automática, sem precisar ir ao consulado.

• Se você não é correntista da Caixa: Caso o trabalhador não possua conta na Caixa, ele deve obter o formulário “Solicitação de Saque do FGTS” pelo site da Caixa, comparecendo a um consulado do governo brasileiro no país onde está e apresentar o formulário devidamente preenchido, além da documentação (original e cópia) que comprova o direito à movimentação da conta vinculada.

Veja aqui a relação de consulados nos Estados Unidos autorizados pela Caixa a receber os pedidos de saque:

• Atlanta: 3500 Lenox Rd, Suite 800, Atlanta, GA 30326 / (404) 949-2400
• Boston: 20 Park Plaza, Suite 1420, Boston, MA 02116 / (617) 542-4000
• Chicago: 401 North Michigan Avenue, Suite 1850, Chicago, IL 60611 / (312) 464-0244
• Hartford: One Constitution Plaza, Térreo, Hartford, CT 06103 / (860) 760-3100
• Houston: Park Tower 1233 West Loop / (713) 961-3063
• Los Angeles: 8484 Willshire Boulevard, Suite 300, Beverly Hills, CA 90211 / (323) 651-2664
• Miami: 80 SW 8th St – 26th Fl., Miami, FL 33130-3004 / (305) 285-6200
• Nova York: 1185 Ave. of the Americas, 21st Floor, New York, NY 10036-2610 / (917) 777-7777
• São Francisco: 300 Montgomery St., Suite 300, San Francisco, CA 94104 / (415) 981-8170
• Washington: 1030 15th Street, N.W., Washington, DC 20005 / (202) 461-3000

Segundo a Caixa informou, A “Solicitação de Saque do FGTS” deve ser assinada na presença do representante consular. Os valores serão creditados em conta bancária que seja de sua titularidade. No caso de não ter conta bancária no Brasil, o trabalhador pode indicar a conta de alguém de confiança.

O recurso é liberado em até 15 dias úteis após a entrega da documentação, condicionada à certificação de que as condições exigidas para movimentação da conta vinculada FGTS foram atendidas, de acordo com o banco.

Previsão de saques

O saque do FGTS inativo começou a ser feito desde 10 de março pelos trabalhadores que pediram demissão ou foram mandados embora por justa causa até dezembro de 2015. O saque obedece um calendário de acordo com a data de nascimento do beneficiário. Devido à liberação do dinheiro, a Caixa Econômica Federal disponibilizou o site exclusivo para informações e consultas de saldos somente das contas inativas: www.caixa.gov.br/contasinativas, e o tele-serviço 0800 726 2017. O interessado pode ainda acessar as informações pelo aplicativo da Caixa, mas nesse caso aparecerão também as contas ativas do FGTS. As agências da Caixa Econômica Federal vão abrir em tres sábados até julho, para atender somente aos interessados em sacar o dinheiro. Serão 1.891 agências abertas nos seguintes sábados: 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho. O horário de funcionamento será das 9h às 15h.

Por Marta Cavallini e Taís Laporta
Fonte: G1 e caixa.gov.br