O valor das exportações de veículos das montadoras instaladas no Brasil cresceu 46,1% em fevereiro sobre janeiro, alcançando US$ 1,18 bilhão. No encerramento do primeiro bimestre, houve elevação de 46,4%, somando US$ 1,99 bilhão.

Para o setor, este foi o melhor fevereiro na história. Os dados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

A produção cresceu 14,7% na comparação com janeiro, e 28,1% nos dois primeiros meses deste ano, com um total de 200,4 mil veículos. Em 12 meses, a produção acusa queda de 3,1%.

Retomada do crescimento

O presidente da Anfavea, Antonio Megale, manifestou a expectativa de uma retomada do crescimento das atividades no setor da indústria automobilística mais concentrada no segundo semestre, seguindo a mesma trajetória prevista para a recuperação da economia. Ele acredita que, já a partir deste semestre, o desempenho comece a melhorar.

Para o fechamento do ano, Megale manteve a projeção de um crescimento de 4% nas vendas ao mercado interno, mas disse que essa previsão foi feita levando em consideração a possibilidade de um aumento dos investimentos em infraestrutura.

Exportações em alta

Enquanto não ocorre a recuperação esperada no mercado doméstico, as montadoras devem continuar vendendo mais para fora do País. Em fevereiro, o Brasil exportou 74,7% mais do que em janeiro em volume físico equivalente a 66,2 mil unidades. Sobre o mesmo período do ano passado, isso representou um acréscimo de 82,2% e no bimestre de 73,1%.

Fonte: Agência Brasil