De acordo com Krishna Rao, economista do StreetEasy, embora os aluguéis em Nova York tenham crescido fortemente por quase 10 anos, a situação vem mudando nos últimos cinco meses.

Tanto Manhattan como Brooklyn começaram o ano com uma redução no valor médio dos aluguéis pela primeira vez desde 2010. Em Manhattan, o aluguel médio caiu 0,5% em relação ao mês anterior para $ 3,198 em janeiro, quinto mês consecutivo de queda. Brooklyn, por outro lado, viu o preço médio diminuir 0,8% para 2,806 dólares, marcando o sexto mês consecutivo de queda do aluguel.

“[Esse] sempre será um mercado competitivo”, diz Grant Long, economista sênior da Street-Easy. “Portanto, ainda haverá pessoas lá fora procurando por lugares, mas há uma desaceleração total [agora]”.

“O preço dos aluguéis é mais atingido em locais com construção”, explica Long. Além disso, de acordo com ele, os alugueis aumentaram a cada mês desde o agravamento da crise financeira em 2010. Sete anos mais tarde, essa tendência está nivelando.

“Vamos continuar a observar como as novas construções mudam [esses] bairros”, diz ele. “Nós não vemos os preços dos aluguéis despencando, mas nós vemos o amaciamento do mercado.”

“Os aluguéis estão em declínio, mas ainda estão altos”, diz Long. Para as melhores ofertas, Long recomenda Kingsbridge e Mott Haven no Bronx; Sunnyside e Astoria em Queens; e Gowanus e Prospect Park South no Brooklyn, todos os quais estão crescendo em popularidade. “Cada bairro tem algo a oferecer.”