Bailarinos que também são acrobatas ou vice-versa. Corpos que se fundem a outros ou a materiais inusitados, criando formas surpreendentes. A faz de forma tão original ou inovadora quanto o, até porque a companhia norte-americana, Pilobolus Dance Theatre, criada há 46 anos, foi a pioneira no estilo, a grande responsável por uma revolução no cenário da dança moderna.

Agora, a companhia apresentar seu novo espetáculo: Shadowland 2: A Nova Aventura. Criado por Steven Banks, e David Poe, Shadowland 2: A Nova Aventura chega finalmente ao Brasil em maio.

No espetáculo, uma tela é colocada na parte da frente do palco para que o elenco, valendo-se de um jogo de luz, projete imagens e coreografias na frente da tela. Crianças, adultos, adolescentes e idosos compartilharão uma experiência dramática e, ao mesmo tempo, cômica. O espetáculo foi concebido e criado pela companhia que depois de muitas experimentações com efeitos de sombras, conseguiu criar um estilo único. Conhecido pelo seu processo coreográfico colaborativo e um enfoque único dentro de um diverso, a companhia descobriu um novo meio de apresentar um espetáculo com danças modernas.

Em Shadowland 2: A Nova Aventura explora-se a mistura de sombras e coreografias para contar uma história de amor entre duas pessoas, que também buscam salvar um pássaro imaginário.

Empregando animação, vídeo e teatro de sombras, o espetáculo nos leva em uma aventura que passa por diversas referências, desde filmes de ficção científica até filmes noir e comédias românticas.

Pilobolus Dance Theater

A companhia foi fundada em 1971 por um grupo de estudantes da Dartmouth College, sem formação em dança e sem interesse em criar a partir das regras da técnica de dança clássica. Eles empregaram uma ingenuidade inventiva que a organização continua aplicando energeticamente às criações atuais. Pilobolus já criou e levou mais de 120 peças a mais de 65 países.

Para mais informações sobre shows no Brasil: www.pilobolus.org
Fonte: Midiorama.com