Sinopse: Esta coletânea intitulada “O Reflexo Perdido e outros contos insensatos” é organizada, traduzida, prefaciada e anotada por Maria Aparecida Barbosa – de “Reflexões do gato Murr”, também publicado pela Estação Liberdade -, propõe um recorte abrangente e revelador da obra de E.T.A. Hoffmann (1776-1822). Os textos atestam o virtuosismo estilístico e temático do autor, que se tornou um dos principais expoentes do Romantismo alemão por sua originalidade, irreverência e iconoclastia.

A difusão de fronteiras entre realidade e ficção, a intertextualidade com seus contemporâneos (inclusive “emprestando” personagens de outros autores), o teor filosófico com que envolve seus temas fantásticos e de horror: essas são algumas marcas de Hoffmann que tiveram grande influência na literatura alemã posterior a ele.

Opinião: Conheci a escrita de E.T.A Hoffmann através do livro “O Castelo Mal-Assombrado”, edição da extinta e saudosa editora Círculo do Livro. Na época, um adolescente de 15 anos de idade, já fiquei impressionado com a escrita de Hoffmann. Hoje, 30 anos depois, me deparo com esse livro da Editora Estação Liberdade e com uma tradução, organização e notas de Maria Aparecida Barbosa, que realmente é impressionante.

Um dos pontos na escrita de Hoffmann é justamente a inclusão de assuntos como a música, presente praticamente em todos os contos dessa edição.

Apesar de ter conhecido o escritor pelo gênero Terror Clássico, presente aqui através das situações extremas em que alguns personagens são obrigados a passar nos contos, também temos uma história bem no estilo conto de fadas ou fábulas clássicas no conto “O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos”, que é realmente uma bela fábula e que deu origem ao famoso Ballet russo composto por Tchaikovsky.

“O Reflexo Perdido” e outros contos insensatos é um livro que nos presenteia com um dos melhores escritores de sua época, E.T.A. Hoffmann, e é realmente IMPERDÍVEL para qualquer leitor que goste de histórias muito bem escritas.

Agradeço imensamente à Editora Estação Liberdade pelo envio do livro, que me proporcionou uma leitura saudosa e muito prazerosa.

Jeffa Koontz
Crítico Literário
www.sagaliteraria.com.br