A visita a aquários e oceanários pode enriquecer as férias de quem busca unir conhecimento e diversão. Tubarões, raias, pinguins e diferentes espécies de peixes compõem os 40 aquários brasileiros que recebem, junto com os zoológicos, 30 mi-lhões de visitantes por ano.

Além de proporcionar momentos de descontração, os aquários são responsáveis pela conservação das espécies e conscientização dos visitantes sobre a importância da preservação da fauna e flora aquáticas. Que tal reservar uns dias e conhecer alguns deles:

AquaRio (RJ)

No Rio de Janeiro está a atração que recebe o título de maior aquário marinho do Brasil e da América do Sul. O gigante AquaRio utiliza 4,5 milhões de litros de água para abrigar seus oito mil animais de 350 espécies. Durante a visita, os turistas poderão aproveitar atividades de educação e lazer em atrações como o Aquário Marinho Virtual, o Museu de Ciências e o Terminal YFish, que permite a visualização de peixes criados no Aquário Virtual.

Aquário do Rio São Francisco (MG)

Localizado em Belo Horizonte, o aquário é repleto de peixes nativos e exóticos das águas do rio São Francisco. São 21 tanques com três mil espécies típicas da bacia, sendo algumas em extinção. Há também um segundo piso onde é possível observar os peixes de cima e sentir a sensação de estar às margens do rio. O passeio inclui conhecer, por meio de cenografia, a nascente do rio e percorrer os seus 2.800 km de extensão.

Aquário de São Paulo (SP)

São Paulo tem um aquário temático com cerca de 300 espécies e três mil animais. A cenografia do local permite aos visitantes imergirem nos ambientes apresentados. Réplicas das florestas brasileiras, dinossauros em tamanho real e navios submersos dão vida às aventuras nas águas. No setor marinho, os turistas embarcam em um submarino naufragado cercado de tubarões e raias. Conhecer os famosos e raros filhotes de jacarés albinos também faz parte da diversão.

Oceanário de Aracaju (SE)

O Oceanário de Aracaju está localizado na praia de Atalaia e encanta os turistas por seu formato de tartaruga gigante e pelas 70 espécies de animais expostas no local que é administrado pela Fundação Pró-TAMAR. Palestras, mostras de vídeo e o encontro com arraias, tubarões, moréias, xaréus e caranhas tornam a experiência do visitante ainda mais inesquecível. Algumas espécies de invertebrados, crustáceos, moluscos e peixes podem ser tocadas.

Aquário de Natal (RN)

O Aquário de Natal trabalha com a reabilitação de animais que são encontrados na orla e nas estradas, recebendo os cuidados para serem devolvidos à natureza. Mas o aquário também proporciona aventura e contato com animais como hipopótamos e pinguins. Há opção de visitantes mergulharem com tubarões.

Aquário Paraíba (PB)

Tubarões, arraias, crustáceos, moluscos e corais são alguns dos atrativos do local. No Aquário Paraíba o visitante conhece os biomas existentes no estado, representado por 120 exemplares pertencentes a 80 espécies de animais. A decoração com apetrechos de mergulho e pesca fazem parte da caracterização da atração para envolver ainda mais o turista.

Aquário de Paranaguá (PR)

Na região Sul encontra-se o aquário com 26 recintos e mais de 200 espécies. A maioria delas são do litoral paranaense, mas o local inclui animais exóticos como o tubarão-bambu e os pinguins-de-magalhães. O aquário conta com exposições e uma verdadeira aula de biologia, ecologia, preservação e conservação, ensinadas pelos técnicos.

Aquário de Bonito (MS)

Bonito é conhecida pelas belezas naturais e pelo aquário repleto de diversidade. A cidade, juntamente com a Serra da Bodoquena e o Pantanal possui 269 tipos de peixes, incluindo os raros albinos, os Jaús (com 1,20m e média de 30kg), pintados, cacharas, pacús e dourados. Na cidade, o turista pode se aventurar em um mergulho no Aquário Natural, com águas transparentes e repletas de cardumes.

Por Nayara Oliveira/Embratur
Fonte: www.visitbrasil.com

Para mais informações sobre passagens e pacotes ligue para a BACC Travel, (212) 730-1010.