O BR Day New York acontece no domingo, 3 de setembro, com atrações musicais imperdíveis. Mas no sábado anterior, outros elementos da cultura brasileira estarão em evidência num festival de rua gratuito que acontece na Little Brazil (Rua 46 entre 5ª e 6ª avenidas). É o Esquenta do Brazilian Day! Um evento co-produzido pelo próprio fundador do BR Day NY, João de Matos, além do coreógrafo e mestre de capoeira Jelon Vieira e do músico percussionista Carlos de Oliveira.

Artes Marciais

Liderados por Renzo Gracie, membros da famosa família Gracie irão apresentar o Brazilian Jiu-Jitsu e Muay Thai.

“Vamos fazer uma exibição de defesa pessoal mostrando o que é o Jiu-Jitsu e também uma apresentação de Muay Thai”, anuncia Renzo. “As pessoas vão aprender e poder participar. Também vamos montar uma barraca onde vamos distribuir DVDs com a história do Jiu-Jitsu brasileiro e da própria família Gracie”, completa.

Renzo faz parte da quarta geração dos “Gracies”, uma família que desde 1925 se dedica as artes marciais, e ficou mundialmente conhecida pela criação do jiu-jitsu brasileiro (BBJ). Durante todos esses anos, são mais de 40 membros da família defendendo a pratica e disseminação das técnicas e filosofia do grupo. Descendentes direto do Grande Mestre Hélio Gracie, eles formam a mais numerosa família de atletas do mundo.

A família Gracie é também uma das responsáveis pela disseminação e sucesso das artes marciais em Nova York. Renzo fundou há 22 anos a Renzo Gracie’s Academy, uma rede de academias que já ensinou artes marciais a milhares de alunos, constituindo-se como uma das maiores academias do mundo. Além disso, já treinaram por lá celebridades como Keanu Reeves, astro de “Matrix”, e alguns dos melhores lutadores de MMA, como o americano Chris Weidman.

Participar do Esquenta do Brazilian Day será uma oportunidade única para ver e aprender sobre artes marciais com uma das lendas do esporte brasileiro.

“Desde que eu cheguei eu sempre acompanhei o Brazilian Day e sempre achei um evento fora de série, mas esta será a primeira vez que vou participar e será uma honra muito grande. Estou animado”, diz Renzo.

Para mais informações, visite: www.renzogracie.com

Capoeira e Maculelê

Capoeira e Maculelê, expressões culturais afro-brasileira que misturam luta, dança e música, também estarão em evidência no Esquenta do Brazilian Day com a participação do coreógrafo e mestre Jelon Vieira e convidados.

Jelon está planejando apresentações de capoeira e maculelê interativas. Isto é, o mestre está convidando o público a participar e aprender na prática sobre essas duas manifestações que representam tanto o Brasil.

“A comunidade está convidada a participar das aulas. Para o Maculelê, quem quiser pode trazer a grima”, convida Jelon, referindo-se aos dois bastões usados na manifestação.

Vieira, um baiano que há 42 anos está radicado nos Estados Unidos, é um dos mestres de capoeira mais bem reconhecidos na atualidade. Foi ele quem há 30 anos trouxe a arte de ensinar capoeira para os Estados Unidos. Ele é fundador da Capoeira Luanda e também fundador e coreógrafo da DanceBrazil, uma companhia de dança contemporânea.

Para mais informações, visite: www.dancebrazil.org e www.capoeiraluanda.org

Samba

Festa para ser brasileira tem que ter samba. É claro que no Esquenta do Brazilian Day, ele não vai ficar de fora. “Vamos ter uma bateria de escola de samba desfilando em plena Times Square”, anuncia Carlos De Oliveira, músico percussionista e fundador da Brazilian Council on Samba, que está organizando um verdadeiro carnaval para o dia 2 de setembro.

Trabalhando em conjunto com a New York Samba School e outros profissionais da área, Carlos espera mostrar no “Esquenta” os elementos típicos do samba tradicional do Rio de Janeiro, com direito a passistas e um casal de mestre-sala e porta-bandeira.

A Brazilian Council on Samba é uma organização sem fins lucrativos cuja missão é apoiar artistas e organizações a representar e promover a história e cultura do samba. Para mais informações, envie um email para info@braziliancouncilonsamba.org.