Muitas mulheres nunca usaram um computador antes de usar o aplicativo financeiro da Fundación Capital chamado “Lista”, que significa “pronta” em espanhol. Mas o curso do aplicativo voltado para tablets está mudando a vida de mulheres em toda a América Central e do Sul.

“Estamos começando a ver essas iniciativas inspiradoras e geradoras de novos empreendimentos”, disse Ana Pantelić, da Fundación Capital.

Hoje, mais de 2 bilhões de adultos em todo o mundo não têm acesso ao sistema financeiro formal. Em parceria com a Fundación Capital e outras organizações não governamentais, a Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional está trabalhando para mudar isso.

Esses grupos estão tentando disponibilizar o aplicativo Lista para 400 mil novos usuários na América Central e do Sul até agosto de 2018.

Ana disse que parte do sucesso do programa decorre de tornar a educação financeira interativa e divertida. O aplicativo inclui animações que fornecem informações básicas sobre poupança e o uso de caixas eletrônicos bancários. Também possui depoimentos em vídeo de mulheres que fizeram o curso e estão tendo sucesso.

O aplicativo Lista possui simulações orçamentárias interativas.

As participantes hondurenhas descreveram o aplicativo como se fosse ter um “professor nas mãos”, disse Ana, que cresceu nos Estados Unidos e na Sérvia. “É como ter uma experiência individualizada com um professor.”

Esse projeto está entre vários que os grupos americanos apoiam a fim de expandir o uso de tecnologia por parte das pessoas. A Cúpula de Empreendedorismo Global de 2017, por exemplo, aconteceu em novembro em Hyderabad, na Índia, com foco em mulheres empresárias, pois elas possuem uma chave importante para desbloquear a prosperidade em seus países. A assessora da Casa Branca, Ivanka Trump, liderou a delegação dos EUA.

Fonte: share.america.gov