Clive Staples Lewis, conhecido como C. S. Lewis, nasceu em Belfast, na Irlanda (atual Irlanda do Norte), no dia 29 de novembro de 1898. Foi escritor, professor e crítico literário britânico.

Com 15 anos, Clive se tornou ateu e despertou o interesse pelo ocultismo. Ainda na adolescência, C. S. Lewis já se interessava pela mitologia nórdica e grega e pelo latim e o hebraico. Com 18 anos, foi admitido na University College de Oxford, mas seus estudos foram interrompidos quando foi convocado para servir na I Guerra Mundial (1914-1918). Terminada a guerra, Clive retornou para a universidade e se graduou em Línguas e Literaturas Clássicas.

Durante a Guerra, conheceu o soldado Paddy Moore, de quem se tornou grande amigo e com quem fez um pacto em que se um deles morresse durante o conflito, o outro ficaria responsável pela família do morto. Moore morreu em 1918 e Lewis cumpriu o juramento. No final da guerra, procurou a mãe e a irmã de Moore e com elas travou grande amizade e se dedicou por longos anos.

Lewis foi ateu durante muitos anos, mas com 31 anos se converteu ao cristianismo e se tornou membro da Igreja Anglicana. Em 1933 publicou “O Regresso do Peregrino”.

Em 1936, C. S. Lewis publicou “A Alegoria do Amor: Um Estudo da Tradição Medieval”, considerado um dos seus mais importantes trabalhos, que recebeu da Academia Britânica, o Prêmio Gollansz, em 1937. Durante a II Guerra Mundial, ganhou popularidade com suas palestras que eram transmitidas pela BBC de Londres, sendo chamado de “apóstolo dos céticos”.

Sua fé afetou profundamente sua obra, a religião foi tema constante em seus livros. Publicou: “O Problema do Sofrimento” (1940), “Cartas de Um Diabo ao Seu Aprendiz” (1942), “Milagre” (1947), “Cristianismo Puro e Simples” (1952) e o mais famoso “As Crônicas de Nárnia”, uma série de sete romances de ficção e fantasia: “O Leão, a Feiticeira e o Guarda Roupa”, “Príncipe Caspian”, “A Viagem do Peregrino da Alvorada”, “A Cadeira de Prata”, “O Cavalo e Seu Menino”), “O Sobrinho do Mago” e “A Última Batalha”.

“As Crônicas de Nárnia” foi traduzida em mais de 41 idiomas e adaptada para a televisão e o cinema. Em 2005 o primeiro livro da série foi transformado em uma grande produção da Walt Disney Studios.

C. S. Lewis faleceu em Oxford, Inglaterra, no dia 22 de novembro de 1963.