A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), estimou que o Carnaval da capital paulista se consolidou como um evento de expressividade econômica, movimentando mais de R$ 400 milhões.

De acordo com o Conselho de Turismo da FecomercioSP, o carnaval de rua de São Paulo, além do tradicional desfile das escolas de samba no Anhembi, trouxe uma nova dinâmica econômica para a cidade no mês de fevereiro. A movimentação do comércio e dos serviços na cidade durante o período coloca o carnaval entre a lista dos principais eventos da cidade, ao lado da Formula 1 e da Parada do Orgulho LGBT.

Mariana Aldrigui, presidente do Conselho do Turismo, contextualiza a frequência de 9 milhões de pessoas, divulgada pela prefeitura: “São nove milhões de pessoas na soma de todos os dias do Carnaval, algo em torno de 2 milhões de pessoas se alternando entre os blocos em cada dia, com gasto médio diário de R$ 45”, afirmou.

Fonte: Assessoria de imprensa da FecomercioSP