No próximo mês de junho acontecerá um dos eventos esportivos mais importantes a nível internacional, se trata nem mais e nem menos que a Copa do Mundo de Futebol da Rússia 2018 que será disputada nesse mesmo país.

Com o sorteio de grupos já finalizado, cada uma das 32 seleções nacionais já conhece os adversários que enfrentarão e quais serão os estádios da Copa do Mundo da Rússia em que cada jogo será disputado, tanto na fase de grupos como nas emocionantes fases finais da Copa.

Precisamente nessa edição, falaremos mais detalhadamente sobre os estádios da Copa do Mundo da Rússia e suas cidades-sede, onde jogadores famosos como Leo Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar Jr, Harry Kane ou Kylian Mbappé representarão suas respectivas equipes nacionais em campo.

Uma competição deste calibre não seria tão fascinante se não fosse a emoção e a paixão que fãs de todo o mundo colocam em cada um dos estádios onde se realizam os jogos de uma Copa do Mundo, e desta vez é a Rússia que vai sediar este torneio.

Os estádios da Copa do Mundo na Rússia

De cidades como Sochi ou São Petersburgo, passando por Cazã e chegando à grande final em Moscou, as 11 cidades da Copa do Mundo na Rússia irão surpreendê-lo. Vamos começar! Os Estádios Estão Prontos? Os 12 estádios da Copa, embora alguns tenham sido criados especialmente para a ocasião, parece que a mairia está terminada, e aqueles que não estão, ficarão prontos dias antes de começar o torneio.

Um evento como a Copa do Mundo, atrai fãs de todos os países e nacionalidades. Torcedores do mundo todo planejam viajar para a Rússia para ver seu time favorito ao vivo. Portanto, é necessário que as cidades-sede estejam devidamente preparadas e os estádios tenham uma grande capacidade de público.

Para que nada falhe durante a celebração da tão esperada Copa, as decisões que foram tomadas deram origem a algumas curiosidades. Estes são alguns fatos peculiares sobre as sedes da Copa do Mundo na Rússia:

• Moscou será a única das cidades-sede que terá 2 estádios recebendo os jogos da Copa do Mundo 2018.

• O deslocamento entre as cidades-sede será gratuito para os torcedores que usarem o trem, assim como os transportes públicos dentro das cidades onde os jogos serão realizados.

• Para a Copa do Mundo da Rússia, foram construídos 4 novos estádios e 8 foram reformados.

• A Copa do Mundo de 2018 da Rússia pode ser a primeira na história a implementar o uso de VAR (arbitragem com video) em seus estádios.

• A Copa será disputada inteiramente na parte europeia da Rússia, com exceção de Ecaterimburgo, a única das cidades-sede que se localiza no lado oriental russo.

• Lujniki foi a principal sede dos Jogos Olímpicos de 1980 e também será anfitriã da partida inaugural, das semifinais e da final da Copa do Mundo de 2018.

• A FIFA propôs reduzir o número de cidades-sede para 11 para economizar custos, mas finalmente decidiu construir estádios com menos capacidade (35 mil lugares).

• A única cidade sede que não está localizada dentro da Rússia é Kaliningrado.

• O Estádio Central de Ecaterimburgo conta com arquibancadas extras para aumentar a capacidade de lotação do estádio sem modificar a fachada original. Uma vez que a Copa acabe, elas serão desmontadas.

As Cidades-Sede

Você sabia que a Rússia é o maior país do mundo? Possui uma área de 17 milhões de quilômetros quadrados e está localizado entre dois continentes (Ásia setentrional e Europa Oriental). Portanto, algumas cidades-sede da Copa do Mundo da Rússia também têm um grande número de habitantes:

Moscou: capital da Rússia e sede da final, tem o maior estádio e também é a cidade mais populosa da Rússia e da Europa com mais de 12 milhões de habitantes. Moscou é sem dúvida a maior das cidades-sede.

São Petersburgo: é a segunda população mais importante das cidades-sede. Conta com quase 5 milhões de habitantes e o centro da cidade como seus monumentos são considerados Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Cazã: 1,2 milhão de habitantes. É a capital e a cidade com mais habitantes da República do Tartaristão. O Kremlin de Cazã também é considerado Patrimônio da Humanidade. Esta sede é a 8ª cidade mais populosa do país.

Ecaterimburgo: localizada na parte oriental dos Montes Urais, e onde 1,3 milhão de pessoas vivem. Ecaterimburgo é a cidade mais populosa e a capital do distrito federal de Ural.

Samara: o rio Volga, o maior da Europa, passa por esta cidade-sede. Samara é uma cidade industrial com 1,2 milhão de habitantes e nela podemos ver a maior estação ferroviária e a maior praça (Kúibyshev) da Europa.

Níjni Novgorod: localizada ao oeste da Rússia, tem 1,3 milhão de habitantes, sendo a 5ª maior do país e uma das cidades mais bonitas da Copa, por um tempo esteve fechado o acesso de estrangeiros a ela para proteger a pesquisa militar.

Rostov do Don: é a capital do Oblast de Rostov e do Distrito Federal do Sul. Nela habitam 1,1 milhão de habitantes e passa o rio Don. Esta cidade-sede também é conhecida como “Porto dos 5 mares”, pois se comunica com os mares do Mar Cáspio, Báltico, Branco, Azov e Negro.

Volgogrado: 1 milhão de pessoas vivem em Volgogrado. Esta cidade-sede é marcada pela guerra e deve seu nome ao rio que a atravessa, o Volga. O estádio tem uma forte semelhança com o “Ninho de pássaros” de Pequim, que fez parte das Olimpíadas de 2008.

Kaliningrado: é uma cidade portuária com 437 mil habitantes. Localizado na parte mais ocidental, entre a Lituânia e a Polônia, é o único porto russo localizado no Mar Báltico. Foi o local de nascimento do filósofo Immanuel Kant. Das cidades-sede, Kaliningrado é a única que não se situa dentro do país.

Sochi: um conhecido destino de praia com clima temperado nas margens do Mar Negro. Sochi tem 364 mil habitantes e foi a sede dos Jogos Olímpicos de Inverno em 2014. Dispõe de uma ampla oferta turística e atualmente é anfitrião do Grande Prêmio de F1 da Rússia.

Saransk: a menor cidade-sede, é a capital da república de Mordovia e tem 300 mil habitantes. Seu tamanho é a sua grande vantagem, porque se pode chegar em qualquer lugar em questão de minutos.

Shadow
Slider

Quais foram os custos dos estádios?

Construir estádios dessa envergadura para a Copa do Mundo da Rússia não foi algo simples e, acima de tudo, não foi barato. Os estádios tiveram um custo bastante alto e inclusive foi preciso aumentar o orçamento de forma que eles pudessem estar completamente prontos.

O governo russo afirmou que o gasto em infraestrutura para as cidades-sede ultrapassou US $ 10 bilhões. Em algumas das cidades-sede, aeroportos e estações também tiveram que ser adaptados, mas parece que tudo estará pronto a tempo para a Copa.

Como se adquire ingressos?

A partir de 18 de abril até a última partida da Copa do Mundo da Rússia 2018, os ingressos restantes estarão disponíveis para todos os clientes on-line e em centros designados da Fifa.

O clima nas cidades-sede

Se na Copa do Mundo anterior no Brasil o calor foi um fator determinante, quando falamos sobre a Copa do Mundo da Rússia, é normal pensar em frio, mas a temperatura durante os dias em que a Copa do Mundo 2018 na Rússia será realizada pode não ser tão fria quanto se pensa.

Nas cidades-sede, localizadas ao oeste como São Petersburgo ou Kaliningrado, as temperaturas ficarão em torno de 18 a 20 graus, enquanto nas cidades-sede, localizadas ao sul do país, como Rostov, Volgorado ou Sochi a temperatura poderá ultrapassar os 30 graus durante a Copa do Mundo!

Qual será o futuro dos estádios?

Algo que ainda não é muito claro é o que acontecerá com alguns dos estádios construídos quando a competição acabar. Embora na Rússia o futebol seja um esporte muito popular, os estádios da Copa do Mundo da Rússia são um pouco demais para a Premier League russa.

Embora alguns dos estádios já tenham uma utilidade estabelecida, como o estádio de São Petersburgo, que será usado pelo Zenit (time da cidade), outros estádios como o de Sochi, não contam com uma equipe de futebol local.

Quais são as equipes favoritas nesta Copa?

Como sempre, haverá algumas equipes favoritas, embora sempre possa haver uma surpresa.

Com antecedência, os últimos campeões, como Alemanha e Espanha, serão claros favoritos. Mas nunca se pode esquecer equipes como Brasil, França, Portugal ou Argentina, que têm Cristiano Ronaldo e Leo Messi por exemplo. Dois dos favoritos clássicos que não vão jogar a Copa do Mundo da Rússia serão Itália e Holanda, uma vez que ambos foram eliminados na qualificação, assim como a equipe dos Estados Unidos.

Um evento muito esperado

Não há dúvida de que a Copa do Mundo da Rússia é um grande evento e que sua repercussão será ainda maior. Você poderá desfrutar de cidades com uma grande história, magníficos estádios e os melhores jogadores do mundo, apoiados pelos torcedores mais leais do planeta.

Tudo isso será acompanhado por performances musicais, lembranças de mundiais do passado e presença de personalidades de todas as nacionalidades. A Copa do Mundo 2018 na Rússia promete ser um evento esportivo histórico que os fãs de futebol de todo o mundo esperam impacientes e com grande entusiasmo.

Fonte: www.codigo-bonus.net