Não é à toa que o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar figurou ano passado na terceira posição entre as maiores franquias do ano, segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), permanecendo atrás apenas do setor de alimentação e serviços educacionais. O pulo, de 12% para 16% entre 2016 e 2017, revela bem o quanto as mulheres, de modo geral, não abrem mão da estética e os homens, deixando de lado o estereótipo de aversão à beleza, adentraram na onda e movimentam, sozinhos, cerca de R$ 20 bilhões na economia brasileira.

Se os números impressionam por agora, em 2018, com a projeção de recuperação da renda e consumo, há mais por vir, ampliando o faturamento entre 9% e 10%.

“O Brasil é hoje o terceiro maior mercado na área da beleza, atrás apenas do Japão e Estados Unidos”, afirma Hugo Richard, diretor da rede Makevator. “Nosso negócio é muito rentável para o franqueado. Nossas unidades disponibilizam cerca de 18 cursos para profissionais que já atuam ou que desejam entrar na área e atuar em teatro, cinema, TV, moda, publicidade, salões de beleza e espetáculos de dança, por exemplo. É um campo muito vasto”, finaliza.

Já a rede de franquias One Spa busca sempre surpreender a clientela com soluções de beleza completas. Entre seus diferenciais, a marca se destaca pela sinergia entre duas categorias de produtos, a clínica estética – focada em beleza e a divisão SPA, que visa promover bem-estar.

Atualmente, a marca possui 4 unidades próprias em operação e 1 unidade franqueada.

Para expandir, a marca está de olho em oportunidades no Rio Grande do Sul. Para isso, o perfil de franqueado buscado é de empreendedores com sólidos conhecimentos em gestão, vendas e finanças e que tenham disponibilidade para estar no dia a dia do negócio.

Fonte: Clozel Comunicação