Em parceria com o Ministério do Trabalho, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) passará a emitir a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). O projeto foi anunciado após reunião em Brasília, e deve ser implantado inicialmente apenas em São Paulo, com planos de ser levado a outras unidades federativas. Segundo dados divulgados pela pasta, o estado foi responsável por 580 mil das mais de 2,3 milhões de carteiras de trabalho emitidas em todo o País entre janeiro e maio deste ano.

Na avaliação do secretário-executivo do Ministério do Trabalho, o objetivo da medida é descentralizar o atendimento, tornando-o “mais ágil e acessível” aos trabalhadores. Em todo o Brasil, a emissão da carteira de trabalho está disponível nas agências do Ministério do Trabalho e em unidades descentralizadas, por meio de parcerias feitas com estados e municípios. A rede de atendimento já conta com mais de 2,1 mil postos de atendimento espalhados pelo País.

CTPS

Criada em 1969, a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) é um documento obrigatório a quem deseja prestar algum tipo de serviço no Brasil. Ela garante ao trabalhador o acesso a alguns dos principais direitos trabalhistas, como o seguro-desemprego, benefícios previdenciários e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Fonte: Governo do Brasil