Foi em 18 de junho de 1908 o navio Kasato Maru atracou em Santos com os primeiros 781 imigrantes japoneses.

Pouco a pouco os conflitos da II Guerra se amenizaram. Chegam novos imigrantes japoneses onde destacaram as iniciativas de fortalecimento do intercâmbio Brasil-Japão. A comemoração do Cinquentenário da Imigração Japonesa contou com a presença do casal de Príncipes Mikasa. Foi a primeira vez que, oficialmente, membros da Família Imperial visitaram o Brasil, foi na decada de 50.

Simbolicamente, as comemorações vem acontecendo a cada década, desde a presença dos príncipes herdeiros, atuais imperadores do Japão, Michiko e Akihito, onde cerca de 80 mil pessoas lotaram o Estádio do Pacaembu em 1967 na presença do governador Abreu Sodré e dos pioneiros do Kasato Maru.

O ano de 1978 ficou marcado pela presença novamente dos atuais imperadores e príncipes herdeiros, Michiko e Akihito, e pelo presidente Ernesto Geisel.

Na decada de 80, a presença de Fumihito, príncipe Akishino, e do presidente José Sarney, o Estádio do Pacaembu mais uma vez foi o palco da comemoração. Inúmeras iniciativas aprofundaram o intercâmbio cultural Brasil-Japão. Ao mesmo tempo, ocorre a renovação do movimento de imigração – a crise econômica estimula os nikkeis a saírem em busca de trabalho no Japão. No final dessa década surgiu a preocupação com os problemas decorrentes do movimento então chamado de “fenômeno dekassegui”.

Em 1997, Akihito e Michiko, agora imperadores do Japão, fortaleceram os eternos laços entre dois povos. No ano seguinte, a festa dos 90º aniversário contou com a presença de Tomi Nakagawa, a derradeira imigrante do Kasato Maru.

Uma comemoração, marca o ano de 2008 que contou com a presença do príncipe herdeiro Naruhito.

No decorrer desta história, nipo-brasileiros têm contribuído para o desenvolvimento do Brasil e conquistado a confiança do povo, fortalecendo as relações amistosas entre o Brasil e o Japão.

No ensejo deste ano comemorativo, a Embaixada do Japão no Brasil, junto com a comunidade nikkei e outras chancelarias japonesas no país, enaltecem o momento de celebrações, com eventos comemorativos.