Vasco da Gama (1469-1524) nasceu em Sines, cidade portuguesa da região do Alentejo, em Portugal, provavelmente no ano de 1469. Era filho ilegítimo do navegante Estevão da Gama, casado com Dona Maria Isabel Sodré.

Vivendo com a família junto ao porto de Algarves, Vasco da Gama passou a infância num ambiente de marinheiros e viagens. Em 1481, quando D. João II sobe ao trono, reabre a atividade descobridora. Ao completar 18 anos, Vasco da Gama já estava iniciado na arte da navegação, já atravessara o Mediterrâneo e visitara a cidade de Tânger, conquistada pelos portugueses. Como marujo, era encarregado de policiar os portos portugueses na costa africana e defende-los contra os navios piratas.

Com a morte de Estevão da Gama, D. João resolve designar Vasco da Gama para comandar a projetada expedição às Índias. Em 1488, Bartolomeu Dias chega ao cabo da Boa Esperança, no Sul da África. Em 1495, D. João II morre em Lisboa, mas D. Manuel, seu sucessor, prosseguiu a obra.

No dia 8 de julho de 1497 os portugueses iniciam a grande expedição. Foram quatro as caravelas que partiram de Lisboa: “São Gabriel”, comandada por Vasco da Gama, “São Rafael”, comandada por Paulo da Gama, irmão de Vasco, “Berrio”, entregue a Nicolau Coelho, e outra com víveres e munições comandada por Gonçalo Nunes. Ao todo, 160 tripulantes sob o comando geral do navegador

Vasco da Gama, com apenas 28 anos.

Durante a expedição novas terras são descobertas e entrepostos comerciais são instalados. A nova rota do comércio dava acesso direto às riquezas do Oriente, quebrando o monopólio dos árabes e venezianos. Em setembro de 1499, logo após sua volta, recebe os títulos de conde e almirante.

Em 1502 Vasco da Gama realiza uma segunda viagem à Índia. Por largo tempo se fixou o poderio luso na região. Já perto de sua morte, D. João III o nomeou vice-rei das Índias, mas não consegue manter a supremacia portuguesa no Oriente. Vasco da Gama faleceu em Cochim, na Índia, no dia 24 de dezembro de 1524.

Fonte: www.ebiografia.com, Por Dilva Frazão