A Força Nacional de Segurança Pública vai manter o apoio ao Sistema Penitenciário do Amazonas por mais 60 dias. A autorização foi assinada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e publicada no Diário Oficial da União. A medida atende a solicitação do governo estadual.

O novo prazo começou a ser contado a partir de 3 de março. Os militares da Força Nacional no estado atuam em conjunto com as forças locais de segurança nas ações de policiamento ostensivo, fazendo o patrulhamento nos perímetros externos dos presídios. Esse trabalho é rea-izado desde janeiro de 2017, após a rebelião de presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

Órgãos de administração penitenciária e segurança pública do Amazonas dão o apoio logístico à operação. O contingente disponibilizado é definido pelo governo federal.

Fonte: Governo do Brasil