D.W.Griffith (1875-1948) foi um cineasta norte-americano, considerado o pai do cinema. Sua obra mais famosa foi o filme “O Nascimento de Uma Nação”.

D. W. Griffith nasceu em La Grange, Oldham Country, Kentucky, Estados Unidos, no dia 22 de janeiro de 1875. Começou a trabalhar como jornalista e balconista de livrarias.

Em 1908, começou a realizar curta-metragens, tendo realizado 450 curtas até o ano de 1913. Realizou experiências inovadoras para o cinema, como o close, a montagem e os movimentos de câmera, até então, inusitados.

Seu primeiro longa-metragem foi realizado em 1914, mas o grande clássico viria em 1915, com o filme “O Nascimento de Uma Nação”, sobre a guerra civil americana. Foi considerado o primeiro filme americano com maior tempo de duração.

Em 1916, filmou “Intolerância”, onde usou quatro histórias paralelas.

No filme “Coração do Mundo”, mesclou ficção e documentário usando como tema a primeira guerra mundial.

Griffith teve grande influência junto aos diretores de cinema americanos. Charles Chaplin o citava como “Grande Mestre”. John Ford e Orson Welles devem a ele métodos revolucionários na montagem e edição do cinema.

Griffith foi também crítico teatral, jornalista e ator ambulante.

David Llewelyn Wark Griffith faleceu em Hollywood, Califórnia, no dia 23 de julho de 1948, vítima de hemorragia cerebral.

Fonte: www.ebiografia.com, por Dilva Frazão