Nascido em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Quando o menino tinha 8 anos, os pais se separaram. Após o divórcio, a mãe começou a se relacionar com Charles Rodrigues.

O futuro padrasto de Medina era triatleta e surfista amador e logo introduziu Gabriel ao esporte. Ele foi o primeiro técnico do rapaz na praia de Maresias.

A meia-irmã mais nova de Gabriel, Sophia, também já está em competições nacionais e internacionais.

Com 11 anos, Medina venceu seu primeiro campeonato nacional em Búzios, no Rio de Janeiro (foi o Rip Curl Grom Search, categoria Sub-12).

Em 2009, assinou contrato com a empresa australiana Rip Curl e se profissionalizou. Aos 19 anos, em 2013, ganhou o World Junior Tour.

No ano a seguir, no Havaí, tornou-se o primeiro brasileiro a alcançar o título de campeão mundial de surfe em Pipeline.

Em 2018, ganhou novamente o circuito mundial de surfe em Pipeline, no Havaí, tornando-se então bicampeão mundial da modalidade.

Bastante discreto, pouco se sabe sobre a vida pessoal de Gabriel Medina.

No entanto, o atleta costuma ser visto na companhia de amigos famosos como Neymar e Anitta.

O pouco que se conhece sobre o dia a dia do surfista é publicado no seu instagram oficial: @gabrielmedina

A história do precoce atleta Gabriel Medina foi escrita pelo jornalista Tulio Brandão e publicada em 2015 com o título Gabriel Medina: A Trajetória do Primeiro Campeão Mundial de Surfe do Brasil.

O prefácio da obra foi escrito por Kelly Slater, outro grande surfista.

O Instituto que leva o nome do atleta foi criado pelo surfista com verba própria no dia 1 de fevereiro de 2017 na praia de Maresias, onde Gabriel começou a dar os primeiros passos na carreira.

A ideia do centro de preparação é treinar jovens atletas de 10 a 17 anos de alto rendimento para o surfe.

Os garotos são selecionados no Circuito Medina de Surfe e, quando entram para o Instituto, recebem sem qualquer custo material de treino, alimentação e auxílio para viagens. Eles também têm garantida assistência técnica, física, psicológica, médica e assistem aulas de inglês e informática.

Fonte: www.ebiografia.com, por Rebeca Fuks