Ao longo de uma carreira distinta, abrangendo quase 30 álbuns, o estilo musical distintivo da pianista e compositora, Eliane Elias emergiu como um dos sons mais exclusivos e imediatamente reconhecíveis no jazz. A gravação mais recente de Elias, “Love Stories”, é um álbum orquestral, todo em inglês, lançado em Agosto de 2019 pela Concord Jazz. “Estou muito orgulhosa dessa produção e sinto que é uma dos albuns mais românticos que já produzi”, diz ela sobre o projeto, que gravou no Brasil e no Abbey Road Studios de Londres, ao lado dos co-produtores Marc Johnson e Steve Rodby.

O álbum traz uma formação com grandes músicos do Brasil, incluindo Marcus Teixeira na guitarra e Edu Ribeiro, Rafael Barata, Paulo Barata e Celso Almeida na bateria, além de Marc Johnson, seu parceiro musical de longa data e coletrista, no baixo. O orquestrador Rob Mathes retorna para sua quarta gravação com Elias, enquanto o compositor Roberto Menescal toca violão em sua própria música, “O Barquinho / Little Boat”.

Como vencedora do prêmio GRAMMY®, vencedora do Latin GRAMMY®, quatro vezes ganhadora do Gold Disc Award e três vezes do Melhor Álbum Vocal no Japão, entre muitos outros prêmios, Elias ocupou seu lugar no panteão dos gigantes da música. Suas três gravações mais recentes alcançaram a posição #1 nas paradas da Billboard, iTunes, paradas de rádio de jazz e paradas de sucesso da Amazon, para citar apenas alguns elogios recentes.

Analisando os dons únicos de Elias como pianista, cantora, compositora e arranjadora, além de fundir seus imensos talentos em jazz, pop, música clássica e brasileira, o New York Times descreveu o show ao vivo de Elias como “uma celebração da vitalidade de uma cultura repleta de vida e beleza natural” e a revista Jazziz a chamou de“ uma cidadã do mundo ”e“ uma artista além da categoria ”.