A edição deste ano se tornou mundial, virtual e aberto a autores brasileiros de quaisquer gêneros ou estilos literários, e de qualquer parte do mundo. No total foram 130 escritores brasileiros participando em 20 lives, em todos os gêneros literários. Para assistir é só acessar as páginas do Facebook do Focus Brasil.

O objetivo é estimular e promover a literatura brasileira, cultura e as artes do Brasil no exterior, além de contribuir para a preservação da memória de escritores brasileiros e apoiar iniciativas e eventos literários  desenvolvidos pela Focus Brasil Foundation.

Segundo a Coordenadora Focus Brasil NY,  Nereide Santa Rosa, cada vez mais, nesse cenário em que vivemos atualmente, a leitura de livros e a redação de textos se tornaram assuntos mais presentes em nossas vidas por representarem os sentimentos e as emoções das pessoas, assim como facilitam o acesso a mais  conhecimento e pesquisas.

“A criação de espaços para apresentação e divulgação da produção literária e intelectual dos escritores brasileiros é sempre necessária por contribuir de maneira significativa para a valorização, reconhecimento e divulgação da Literatura Brasileira”, declara Nereide Rosa.

Ela explica que todos os escritores brasileiros se inscreveram gratuitamente no site http://newyork.focusbrasil.org/inscricao/ e as inscrições continuam abertas já pensando no próximo evento em 2021. A partir das inscrições, a organização do evento preparou os temas das palestras e os depoimentos dos escritores.

Entre os destaques deste ano, teve o Instituto Brasil Solidário, que foi homenageado pela Academia Internacional de Literatura Brasileira e Focus Brasil New York com o “Prêmio Reconhecimento de Literatura Internacional Brasileira 2020”  no dia 12 de setembro.

Segundo o Presidente do IBS, Luis Salvatore, a premiação representou um reconhecimento importante ao trabalho do IBS, que em seus mais de 20 anos de trajetória, vem desenvolvendo ações de incentivo à leitura com forte impacto social dentro e fora do ambiente escolar.

“O incentivo à leitura está presente nas ações do IBS desde 2001. Nós sabemos da importância da biblioteca como um verdadeiro “coração de possibilidades”, por isso, todas as formações nossas possuem algum elo com o trabalho de leitura, reforçando que podem ser realizadas atividades interdisciplinares para atrair o público leitor, a proposta permite construir espaços literários com materiais reaproveitados, além de atividades lúdicas e criativas de leitura, de forma simples e dinâmica, possibilitando o protagonismo do aluno em todo o processo de aprendizagem”, ressalta Luis.

O Instituto Brasil Solidário, promove ações de leitura em cidades de baixo acesso cultural, incluindo a montagem de bibliotecas completas, programas de formação em mediação de leitura para educadores e jovens e projetos de estímulo literário instituídos como políticas públicas, entre eles o movimento “30 Minutos pela Leitura”, “São João Literário” e “Anjos da Leitura”.

Ao longo desse caminho, foram montadas mais de 273 bibliotecas com cerca e 1 milhão de livros distribuídos gratuitamente, 1.032 escolas trabalhadas, 47.255 alunos beneficiados e 16.122 professores capacitados, em 177 cidades das 5 regiões do Brasil.

VIVIANE FAVER
Journalist
vfaver@gmail.com