Mas uma vez, a editora Jangada, me faz feliz com uma leitura envolvente e muito bem escrita, pois apesar de não conhecer o trabalho de Alexandra Monir, fiquei muito satisfeito com “Os Seis Finalistas”.

Alexandra nos apresenta uma trama que, apesar de não ser inédita e ainda se utilizar de certos clichês, conseguiu misturar com maestria temas como apocalipse climático, romance, ficção científica, mistério e uma boa dose de aventura. Apesar desse primeiro livro ser mais focado no treinamento dos escolhidos para salvar a humanidade da extinção, foi bem surpreendente ver que a história te prende tanto que fica muito difícil ter que parar a leitura.

Algumas partes da trama me lembraram do filme Os Eleitos de 1983, (que foi baseado no livro de Tom Wolfe, onde ele relata o treinamento dos astronautas norte americanos), o que por si só já é um grande ponto positivo para “Os Seis Finalistas”, mas se tanto o filme ou o livro teve alguma influência na trama de Alexandra, isso, não sei dizer.

É óbvio que em um livro onde os protagonistas são “jovens adultos” que têm que excederem suas qualidades para suas missões, todo mundo espera o romance principal e, em “Os Seis Finalistas” não seria diferente. Mas, como tenho visto na maioria dos Young Adults que venho lendo nos últimos anos, os escritores nos mostram um romance óbvio mas não forçado como era em muitos outros que já li.

Leo e Naomi, são muito diferentes e querem coisas diferentes, mas de uma forma inexplicável sentem uma grande atração entre si. Gostei muito de ver como a autora desenvolveu esse velho cliché na trama toda e tenho certeza que todos vocês vão gostar também, pois apesar de ser, como disse, cliché, foi bem colocado e conduzido durante toda a história.

Mas não é só de romance e aventura que vive “Os Seis Finalistas”, pois existem personagens que são realmente odiosos e mostram um lado mais trágico entre os escolhidos e porque não dizer, entre os sobreviventes desse novo mundo caótico e perigoso.

Por isso que para quem gosta de uma trama bem conduzida, com romance, ação, mistério e que ainda vem com uma edição em brochura muito bonita e robusta, com folhas amareladas e fonte bastante agradável, “Os Seis Finalistas” de Alexandra Monir e publicado pela Editora Jangada do Grupo Pensamento, é IMPERDÍVEL.

Jeffa Koontz
Crítico Literário
www.sagaliteraria.com.br